quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Argumento

Tu sabes tudo!
...quanto é tanto tão ao todo, 
plurintenso!
e...entende.
...pende do que lhe parece
e...apetece.
...eu Te dependo tanto esse desejo
e frente em meio à fronte
Teu silêncio sabe-me a prece e atende!
E...aprendo-me tão na tanta imensa gratidão de Ti
que...amém!


Um comentário: