sábado, 30 de março de 2013

páscoas

tenho a
impressão
vaga

de q a vida

mesmo
escassa

basta

e q
ñ há
outro
mistério

do q a
ligeira

destreza

de ñ
levar-se
a sério

enquanto
a noit
passa

2 comentários:

  1. oi Marina! Obrigada pela visita!
    Bem, então, esse poema foi escrito na Páscoa (o primeiro motivo, rsrs) e com alguma intenção de imprimir uma maior leveza à vida, contrariando noções mais profundas que nada pode satisfazer o coração humano. Seria como um apelo às coisas simples. Páscoa quer dizer passagem. Nesse caso, uma passagem do pesado e sério ao leve e simples da vida, ou algo assim...

    ResponderExcluir