quarta-feira, 23 de novembro de 2011

veste

o frágil
fino fio
de vida
com que
te
envolvo

sou eu

texto
que me
teço
veste

de tua
essencial
nudez...
e esqueço.

3 comentários:

  1. econômica nas palavras, eloqüente nas imagens...
    está perfeito, Alê!!!
    "veste" como uma luva... rs
    beijinhos.

    ResponderExcluir