segunda-feira, 29 de outubro de 2012

eu


insisto tanto no instante que me extingo

2 comentários:

  1. Que beleza de poema, Alê!
    Agora você tramita também pela arte visual.
    Parabéns! Adorei.
    Bj. Daniel.

    ResponderExcluir